Logo Instituto Reaction

Artigos

Avaliação da biomecânica: como ela ajuda na performance

Avaliação da biomecânica: como ela ajuda na performance

Aumentar o desempenho do esporte é um dos objetivos principais dos atletas profissionais e amadores. Com o passar dos anos, foram desenvolvidas técnicas que podem ajudar esses atletas a alcançar melhores resultados, como é o caso da avaliação da biomecânica.

 

O principal foco dessa disciplina é entender o uso da força e os movimentos realizados pelo corpo humano, compreendendo os padrões de movimento e identificando o risco de lesões. Por essa razão, a avaliação da biomecânica pode ajudar a melhorar a eficiência e proporcionar movimentos mais inteligentes e eficientes, resultando na melhoria da performance.

 

O que é a avaliação da Biomecânica

 

A biomecânica se refere ao estudo das forças que agem sobre o corpo humano e dos efeitos dessas forças sobre o movimento. Esse conceito considera os princípios da física e da anatomia para obter uma análise do comportamento dos músculos, ossos, articulações e tecidos do corpo durante a execução de movimentos. Esse estudo é essencial para a avaliação da performance, oferecendo ao profissional um conjunto de informações sobre os padrões de movimento e formas eficientes para otimizar a performance.

 

A biomecânica do movimento humano pode ser influenciada por diversos fatores, como a cinemática (análise do movimento sem levar em conta as forças envolvidas), a cinética (estudo das forças relacionadas ao movimento) e a anatomia funcional do corpo humano. A análise em conjunto desses fatores permite que os pesquisadores e profissionais de saúde obtenham dados essenciais sobre a mecânica do movimento e sua relação com a performance esportiva.

 

A avaliação da biomecânica costuma envolver uma série de metodologias e estratégias, como:

 

Análise de Movimento 3D: contando com a ajuda de sistemas de captura de movimento, como marcadores refletivos e câmeras infravermelhas, o profissional consegue coletar dados precisos sobre a cinemática tridimensional do corpo durante a realização dos movimentos.

 

Plataformas de Força: As plataformas de força são dispositivos utilizados para medir as forças aplicadas ao solo durante o movimento, entregando informações valiosas para uma análise detalhada da cinética e da distribuição de forças durante a prática de atividades e esportes.

 

Eletromiografia (EMG): A eletromiografia é um procedimento utilizado para medir a atividade elétrica dos músculos durante o movimento, contribuindo para a coleta de informações sobre a ativação muscular e a coordenação entre os grupos musculares.

 

Análise Computacional: trabalhando em conjunto com as ferramentas de laboratório, os softwares de análise computacional permitem a modelagem e simulação de movimentos complexos, permitindo que o profissional consiga identificar  padrões de movimento ineficientes e implementar melhorias.

 

Leia Também:Avaliação biomecânica para corrida, o que não pode faltar?

O que é o teste FMS?

 

O Teste FMS (Functional Movement Screen) é uma ferramenta de avaliação funcional utilizada para identificar desequilíbrios musculares e limitações de movimento e estabilidade em atletas profissionais e amadores. O teste consiste em uma série de movimentos que exigem mobilidade e estabilidade, avaliados em uma pontuação de 0 a 3 pontos. 

 

Os movimentos avaliados são:

 

  • Agachamento Profundo;
  • Passo sobre Obstáculo;
  • Afundo em Linha;
  • Mobilidade do Ombro;
  • Elevação Ativa da Perna Estendida;
  • Flexão de Braço com Estabilidade do Tronco;
  • Estabilidade Rotacional.

Leia Também: Como o teste FMS pode ajudar a melhorar seu desempenho no esporte

 

O principal objetivo do teste FMS é ajudar na identificação de padrões de movimento incorretos e contribuir para o desenvolvimento de programas de exercícios personalizados com foco na correção desses desequilíbrios. Dessa forma, é possível reduzir o risco de lesões e melhorar o desempenho dentro do esporte.

Leia Também: Teste FMS: como funciona e como ele pode te ajudar

 

Quais os benefícios da avaliação da biomecânica?

 

Além da melhoria da performance esportiva, a avaliação da biomecânica também consegue ajudar a identificar possíveis desequilíbrios musculares e assimetrias que podem aumentar o risco de lesões. Um exemplo disso é um jogador de futebol que apresenta fraqueza muscular em apenas um lado do corpo, favorecendo a incidência de lesões de joelho, cotovelo e tornozelo.

 

Por essa razão, a avaliação da biomecânica ajuda a melhorar a estabilidade, performance e resistência física, ajudando o atleta a alcançar resultados superiores dentro do seu esporte.

 

Uma das aplicações mais importantes da avaliação da biomecânica está no processo de reabilitação após as lesões. Isso porque ela permite analisar todos os padrões de movimento realizados pelos pacientes e desenvolver um programa de reabilitação adaptado e personalizado de acordo com as necessidades.

 

Esse programa de reabilitação pode ajudar a corrigir déficits mecânicos, contribuir para o fortalecimento muscular e vai permitir que o paciente consiga restaurar a função normal da sua articulação. Isso significa que a avaliação vai ajudar a acelerar o processo de recuperação e também prevenir a reincidência das lesões.

 

É necessário entender que, quanto mais conhecermos sobre os movimentos realizados e as formas de se movimentar com mais qualidade, mais segura será a prática esportiva e melhores serão os resultados obtidos dentro do esporte. 

 

Para realizar esta avaliação, é fundamental contar com uma equipe especializada e de confiança, que ajude a entender o seu corpo e possa contribuir para a melhora da sua performance dentro do Esporte. Entre em contato com o Instituto Reaction e agende a sua avaliação biomecânica com a melhor equipe!

 

Está gostando do contéudo? Compartilhe!