Logo Instituto Reaction

Artigos

Lesão ligamentar do tornozelo

Lesão ligamentar do tornozelo

Popularmente conhecida como entorse ou torção, a lesão ligamentar do tornozelo é bastante comum e acontece muito durante a prática esportiva. Esse tipo de lesão é mais recorrente entre atletas que praticam esportes que incluem drible, giros, corte e desaceleração brusca, como é o caso do vôlei, futebol, tênis, basquete e lutas.

 

De forma simplificada, a lesão ligamentar de tornozelo acontece da seguinte maneira: com o pé preso ao solo e o tornozelo infecção, o corpo pode girar de forma excessiva e sobrecarregar a estrutura do tornozelo. Esse tipo de lesão também pode causar outras lesões adjacentes, como é o caso das fraturas.

 

Os ligamentos mais afetados pela lesão ligamentar de tornozelo são:

 

  • Ligamento talofibular anterior;
  • Ligamento calcaneofibular;
  • Ligamento talofibular posterior.

 

Esse tipo de lesão costuma ser classificado de acordo com a gravidade, sendo:

 

  • Grau 1: nesse caso, acontece uma lesão na matriz celular com a perda ou desorganização das fibras sem a ruptura do ligamento.
  • Grau 2: esse tipo de lesão Acontece uma ruptura parcial do ligamento afetado com estiramento das fibras.
  • Grau 3: além de acontecer a ruptura total do ligamento o paciente também pode lesionar algumas outras estruturas adjacentes.

 

Diante desse tipo de lesão, o paciente sentirá a dor imediata, além do enfraquecimento de alguns músculos locais. Desencadeada uma reação inflamatória, a dor pode vir acompanhada de inchaço local e vermelhidão, além da incapacidade de sustentar o peso com o pé afetado.

 

É muito importante que, imediatamente após esse tipo de lesão o paciente interrompa as atividades e leve o membro afetado. A aplicação de compressas de gelo por aproximadamente 20 minutos também é fundamental para reduzir a dor e o inchaço resultante da lesão.

 

Diagnóstico e tratamento da lesão ligamentar de tornozelo

 

Diagnóstico da lesão E ligamentar de tornozelo é feito por um ortopedista, que procederá com uma avaliação clínica dos sintomas e do quadro do paciente, além da realização de alguns exames complementares. A ressonância nuclear magnética pode demonstrar o local da lesão, o ligamento que foi lesionado e a gravidade do quadro.

 

O tratamento da lesão ligamentar de tornozelo tem como principal foco controlar a dor e reduzir o processo inflamatório na articulação. Seguido desse processo também é iniciado um protocolo para recuperar a força equilíbrio e propriocepção dos músculos.

 

A maior parte dos casos de lesão ligamentar de tornozelo é tratado através de uma abordagem conservadora, incluindo a utilização de medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios, aplicação de compressas de Gelo e Fisioterapia. Dependendo da gravidade, o médico também pode recomendar a utilização de órteses para imobilização do membro ou muletas para reduzir a carga.

 

Tratamento através da abordagem cirúrgica é recomendado em casos raros, como:

 

  • Pacientes que precisam retornar às atividades físicas de alto rendimento com rapidez;
  • Falha no tratamento conservador;
  • Lesão grave no ligamento deltóide;
  • Presença de lesões adjacentes como lesões cartilaginosas rupturas ou fraturas.

 

Está gostando do contéudo? Compartilhe!