Geriatra em São Paulo: 5 dicas para ter uma vida mais saudável

Nós estamos vivendo mais, segundo os órgãos internacionais de saúde, e a longevidade já é uma realidade. No entanto, a vida moderna tem deixado muitas pessoas sedentárias e os maus hábitos alimentares tem aumentado a obesidade.

Viver bem, adotando hábitos saudáveis e tendo acompanhamento médico ao menos uma vez por ano para realização de um check-up é fundamental para chegarmos a terceira idade o mais saudável possível. Uma das formas de fazer isso, é ter consultas com a geriatra desde cedo.

Por também ser generalista, esse profissional da saúde poderá ajudar na prevenção e no tratamento precoce de doenças. Veja cinco hábitos que garantem uma vida e envelhecimento mais saudável.

1 – Hidrate-se: beber água é muito importante, pois ela é fundamental para o funcionamento do nosso organismo, principalmente, dos rins que ajuda nosso corpo a eliminar toxinas e impurezas através da urina. A água ainda nutre nossas células e músculos.
Ocorre que muita gente acaba esquecendo de consumir água no dia a dia. O recomendado, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), precisamos consumir em média 2 litros de água por dia.

2 – Alimentação Equilibrada: é importante comer bem e isso significa ter uma alimentação equilibrada, rica em nutrientes para o nosso corpo. Uma alimentação ideal deve ser rica em carboidratos, proteínas, fibras e vitaminas. Deve-se evitar o consumo excessivo de doces e sódio, que levam ao desenvolvimento de doenças como pressão alta e diabetes.

3 – Exercite-se: praticar exercícios regularmente, independente, da idade também faz muito bem a saúde. Os exercícios fortalecem nossos músculos, ossos e ainda melhoram as defesas do nosso organismo. Muito importante que eles ocorram com o acompanhamento profissional adequado para evitar lesões.

4 – Evite o estresse: o dia a dia, principalmente nos grandes centros, pode ser atribulado e somado a isso problemas pessoais e financeiros podem levar as pessoas a uma condição de stress constante: o resultado são quadros de ansiedade e depressão, entre outras condições, que prejudicam a qualidade de vida e o processo de envelhecimento. Então, o ideal é evitar e se cuidar quando se ver em situações de stress. Caso resulte em problemas, psicológicos, sempre importante procurar ajuda médica.

5 – Faça um check-up: sabe o médico que conhece seus filhos desde crianças que sempre vemos nos filmes? O acompanhamento médico durante toda sua vida é a principal arma que temos para prevenirmos e tratarmos doenças precocemente. O ideal é que cada indivíduo faça um check-up (consulta médica e bateria de exames) ao menos uma vez ao ano. Isso ajuda a detectar doenças precocemente e também a preveni-las.

É possível chegar bem a terceira idade: saiba como

Do momento em que nascemos até o final da vida entramos em um processo de envelhecimento, que se acelera a partir dos 30 anos, que é quando nosso organismo atinge a maturidade. Mas será que é possível envelhecer bem? A resposta é sim!

Com a adoção de hábitos de vida saudáveis e acompanhamento com a geriatra, desde cedo (isso mesmo), nós podemos aumentar as chances de chegar a idade mais avançada com uma saúde mais fortalecida, ou seja, prevenindo e evitando doenças, comuns nessa fase da vida, mas que poderiam ter sido evitadas se tivesses tido o acompanhamento médico e tomado os cuidados necessários.

E ao contrário do que pensa, a geriatra não é uma médica apenas de idosos. Antes de ser geriatra, somos clínicos gerais e unindo essas duas qualificações, podemos fazer um acompanhamento da saúde e preparar o indivíduo para esse processo de envelhecimento.

Ao consultar o geriatra, ao menos uma vez ao ano, é possível realizar check-up médicos para identificar problemas precocemente e também se prevenir.

Esse checkup anual é ainda mais importante a partir dos 40 anos, pois nessa faixa de idade são maiores os riscos de desenvolver doenças que apresentam poucos sintomas, mas são diagnosticadas por exames como a hipertensão que pode levar a um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e infartos.

Para quem chegou a terceira idade, a geriatra vai ajudar no acompanhamento da saúde e também no tratamento de situações comuns da idade como esquecimentos, dificuldades locomotoras, entre outros problemas.

Prevenção

Seja qual for a idade, a prevenção é sempre a melhor forma para se chegar a bem a velhice. Além da avaliação médica anual, também devemos ter hábitos saudáveis como prática de exercícios regularmente, alimentação balanceada, dormir bem e, sempre, procurar o médico quando sentir que algo está errado.